domingo, 23 de outubro de 2011

Asma e Rinite


Cerca de 80% das pessoas que têm asma, têm também rinite alérgica. Infelizmente, quando as duas doenças se associam, é comum que a alergia nasal fique relegada para segundo plano. 
A verdade é que ninguém respira apenas com o nariz ou apenas com os pulmões. Trata-se de um trabalho integrado, onde cada parte do aparelho respiratório é interligada e essencial para uma respiração saudável. O nariz é a primeira defesa das vias respiratórias e participa de várias funções importantes como a olfação, o paladar, a fala (auxilia na ressonância da voz). É nele que começa o trabalho respiratório. O ar, ao passar pelas narinas, é filtrado, limpo, aquecido, umedecido e condicionado de modo a chegar ao tecido pulmonar plenamente preparado para a passagem do oxigênio do ar para o sangue, essencial para a vida humana. Nariz e brônquios compõem a mesma via respiratória: um único caminho, revestido por um mesmo tipo de mucosa. 

Respirar é essencial para uma adequada qualidade de vida, colaborando para o repouso, sono, apetite, paladar, fonação, tranqüilidade, etc. Ou seja, se respiramos bem, vivemos bem, mas se a respiração está prejudicada, altera-se o sono, apetite, poder de concentração, estudo, falta-se à escola e ao trabalho, etc. E não faz a menor diferença se o prejuízo da respiração ocorre no nariz ou nos pulmões, pois o resultado será sempre o mesmo: prejuízo da respiração e da qualidade de nossa vida. Por isso, corrigir problemas nasais é tão importante quanto tratar as doenças pulmonares. 

Leia os argumentos e tire a conclusão
- A asma é uma doença da via respiratória bronco-pulmonar e a rinite alérgica, uma afecção do nariz e seus anexos. 
- A asma é uma doença que se caracteriza por crises de falta de ar, chiado e sensação de aperto no peito, geralmente acompanhadas de tosse. 
- A rinite alérgica se manifesta por crises de espirros, coriza, coceira e entupimento nasal, podendo atingir também os olhos, ouvidos e a garganta. 
- A rinite alérgica pode ser uma manifestação inicial da asma. 
- Se uma pessoa apresenta asma associado à rinite, as crises tendem a ser mais graves comparadas aquelas que só tem asma e não tem sintomas nasais. 
- O tratamento da rinite melhora a asma. 
- Algumas pessoas tiveram asma na infância deixam de ter crises, mas mantém rinite, que não valorizam, não tratam e na idade adulta podem voltar a ter asma. E, na base das duas doenças, estão os mesmos problemas: a inflamação que atinge as vias respiratórias e a alergia aos ácaros da poeira de casa e aos inalantes. 

É fácil concluir que a asma e a rinite alérgica são doenças intimamente ligadas. Uma pessoa que sofra de rinite alérgica está mais exposta a ter asma. E, nas pessoas que sofrem dos dois problemas, é essencial tratar a rinite para se obter sucesso no controle da asma.

Não devemos esquecer que ambos os problemas alérgicos têm muito a ver com doença celíaca.