A verdade sobre o suco de uva !


SUCO DE UVA TEM QUE SER ORGÂNICO!!


A revista PROTESTE alerta para o teor de agrotóxicos nas uvas. Teste revelou que 63% das amostras coletadas da fruta contém as substâncias.

O consumidor precisa ficar atento ao consumir uva porque a PROTESTE Associação de Consumidores detectou que 63% das frutas testadas continham resíduos de pesticidas. Foram analisadas oito amostras, e em cinco delas foram encontrados o produto químico. Dessas cinco, duas apresentavam a substância abaixo do limite e três foram cultivadas com agrotóxico impróprio para o tipo de cultura.

Além disso, duas uvas apresentaram mais de um resíduo de pesticida. Em uma das amostras os pesticidas não eram aprovados para a cultura e na outra, se detectou a presença de um aprovado, dentro do limite permitido, e um não aprovado para a cultura. A existência de mais de um resíduo de pesticida é preocupante, uma vez que os estudos toxicológicos não levam em consideração as interações que possam ocorrer entre os agroquímicos.

Foram compradas nove amostras de pimentão, duas de pimentão orgânico, oito de uva, oito de couve, duas de couve orgânica, nove de alface e duas de alface orgânica em supermercados variados da cidade de São Paulo para verificar a presença de resíduos de pesticidas nos alimentos, no total foram verificados 294 diferentes tipos da substância.

O resultado revelou que 40% das amostras estavam contaminadas com algum tipo de agrotóxico. Das 34 não orgânicas, 15 continham resíduos e das seis orgânicas apenas uma continha rastros da substância. Diferente do teste similar realizado em 2008 também pela PROTESTE, esse ano não foram encontrados vestígios de DDT, BHC e nenhuma das outras substâncias cancerígenas proibidas pela legislação brasileira.

Por ser cultivado de maneira distinta e dispensar o uso de adubos químicos ou agrotóxicos é preocupante que tenha sido encontrado resquícios de pesticida em uma amostra de alimento orgânico, porém a PROTESTE acredita que seja um problema pontual.

Na uva, couve e pimentão foram encontrados índices maiores de contaminação do que na alface, por exemplo, embora no produto da Qualitá vendido no Hipermercado Extra tenha sido encontrado resíduos de seis produtos químicos, cinco deles proibidos para o cultivo da hortaliça.

Os pimentões orgânicos não tiveram problemas mas das nove amostras comuns foram encontrados pesticidas em cinco. Quatro delas apresentavam resíduo de Ditiocarbamatos. O limite para pimentão é de 3,0 mg/kg e foram encontrados valores entre 63,4 e 422 mg/kg . Um produto apresentou resíduo de Procimidona que não é autorizado para uso em pimentão.

Das dez amostras de couve, quatro continham traços de agroquímicos, uma delas de origem orgânica da marca Taeq vendida no supermercado da rede Pão de Açucar continha Ditiocarbamatos acima do limite permitido (86,8 mg/kg). Entre as três comuns, duas delas apresentaram pesticida autorizado acima do limite e a terceira possuía três resíduos diferentes e nenhum deles autorizado para a cultura: Cipermetrina, Espinosade A e Esponisade D.

Não há como identificar a olho nu uma hortaliça contaminada, por isso descasque e lave bem os alimentos para eliminar resíduos superficiais e privilegie os produtos da estação que se desenvolvem naturalmente e tendem a precisar de menores quantidades de agrotóxicos no plantio.

http://riquenutri.blogspot.com

EU COMPRO SUCO DE UVA DIRETO E AGORA VOU TER QUE PRESTAR MAIS ATENÇÃO QUANTO A ISTO!!!