quinta-feira, 7 de julho de 2011

Canetas que salvam vidas!!! Maravilha !

As canetas que salvam vidas

julho 7, 2011
Para uma criança que sofre com reações alérgicas severas, apenas um pequeno descuido pode colocar a sua saúde em risco. As canetas de epinefrina cumprem uma importante função de alivar sintomas em situações críticas, podendo salvar vidas.
Alergias alimentares são sempre motivo de preocupação para os pais. De acordo com dados daAssociação Brasileira de Alergia e Imunopatologia(ASBAI), cerca de 6 a 8% das crianças no Brasil menores de 3 anos possuem algum tipo de alergia alimentar. Felizmente, cerca de 80% das crianças deixam de ser alérgicas após os 3 anos de idade.
Entretanto, para um pequeno grupo de crianças alérgicas, todo cuidado é pouco. Apenas um breve contato com o alimento alérgeno é o suficiente para desencadear reações alérgicas severas, também chamadas de anafilaxia. Essas reações, se não medicadas a tempo, podem levar à morte. A anafilaxia pode ser determinada por sintomas como inchaço da língua e lábios, urticárias, dificuldades para respirar, queda da pressão arterial, perda de consciência, entre outros. Os sintomas podem ter início logo após a ingestão de um alimento alérgeno ou demorar até 2 horas para aparecerem.
Para casos de anafilaxia, os médicos recomendam o uso das canetas de epinefrina, uma medicação auto-injetável para emergências. Chamadas de canetas pelo seu formato, elas são capazes de aliviar temporariamente os sintomas para que haja tempo suficiente de levar o paciente até o hospital.
FAAN (Food Alergy and Anaphylaxis Network) aconselha que, quando prescritas pelo médico, as canetas de epinefrina sejam carregadas para todos os locais onde a criança alérgica vá. Além disso, é importante também aprender a usá-las, assim como ensinar seu uso às pessoas que convivem com o alérgico.
O medicamento ainda não é registrado no Brasil pela ANVISA, por isso só é possível obtê-lo através de importação. Epipen e Twinject são as marcas mais conhecidas no exterior.  O website de ambas contêm informações úteis (em inglês) aos pacientes e pais de crianças alérgicas. A fabricante da Epipen desenvolveu recentemente um aplicativo para iPhone e iPad que dá instruções passo-a-passo para o uso da caneta auto-injetável, além de outros recursos.
De acordo com informações recebidas da Dynamic Pharma, empresa que realiza a importação de medicamentos não existentes no Brasil, o paciente ou responsável, com a devida prescrição médica, pode solicitar a importação do medicamento mediante cópias de documentos pessoais, conforme RDC 081/2008 da ANVISA, que permite esta modalidade de importação.
Para saber mais:
Participe! Colabore com o conteúdo do Semlactose. Envie sugestões de temas para serem abordados, dicas sobre novos produtos sem lactose, etc. Para enviar a sua mensagem acesse nossa página de Contato.

Redação Semlactose
info@semlactose.com