Visão de uma menina de 12 anos

Texto de uma menina de 12 anos sobre DC.
Feito para ajudar na divulgação que iria fazer na sua escola.
Ela disse que era um texto de gente da idade dela, Pra gente da idade dela. 12 anos.
Vejam que fôfo e serve para muito adulto também!

Doença Celíaca, você conhece?Doença Celíaca, você conhece?
Doença Celíaca é uma patologia autoimune que afeta o intestino delgado de adultos e crianças geneticamente predispostos, precipitada pela ingestão de alimentos que contenham glúten.
Você leu e não entendeu nada? Bem, eu também não.....Vou explicar de um jeito mais fácil:
Eu sou Mariana e vou tentar te ajudar a entender essa informação aí de cima. Eu fiz esse texto por interesse próprio e porque eu estava afim. Eu não sou celíaca, mas meu irmão é! Então desde os cinco anos, eu lido com esse assunto. Sabe, o celíaco só fica doente se ingerir glúten, se não ingerir, ele é apenas celíaco. O celíaco não gosta de ser chamado de doente, assim como todo mundo, né?
Não sou uma especialista, mas se você veio ler este texto, é porque está interessado sobre a DC (é assim que chamamos a Doença Celíaca) e eu posso dar uma ajuda.
Essa condição, não é uma alergia, mas sim uma intolerância (e não tem nenhum remédio pra ajudar ou tratar, pelo menos por enquanto!). Não se engane: Se você já ouviu falar nessa doença e acha que são pessoas que não podem trigo, você está certa, mas não completamente. Essas pessoas não podem trigo, cevada, centeio, malte e aveia (Já decorei! Juro que não olhei no Google!).
Você que está interessado e conseguiu chegar até aqui, obrigada! Você realmente quer saber sobre a doença e eu estou aqui só atrapalhando, não é? Vou voltar ao assunto:
Meu irmão já foi convidado para muitas festas de aniversário em que os pais não sabiam da condição dele e não ofereceram nada que ele pudesse comer (aliás, vocês já repararam que as casas de festas têm muitos salgadinhos e docinhos com glúten?). Minha mãe, que já sabe que isso pode acontecer, sempre deixa uma lancheira cheia de opções para o Marcelo (é esse o nome dele).
Algumas amigas minhas, quando conheceram o meu irmão e eu falei da doença celíaca, acharam que era frescura. Mas não é frescura, não! Qualquer pozinho que contenha glúten que entrar na boca do Marcelo, pode fazer ele passar mal. Dicas de como contaminar um alimento com o glúten:
Você está na sua casa, pega a faca, passa na manteiga, passa no pão e passa de volta na manteiga: CONTAMINAÇÃO!
Não entendeu como? A faca que você havia passado no pão voltou para a manteiga! Ou seja, várias migalhas agora poderiam estar na boca de um celíaco.
Você come pizza segurando sem guardanapo, depois mexe no celular do seu amigo celíaco: CONTAMINAÇÃO!
Aquela pizza toda bonitinha que tem farinha e fica grudada na sua mão, deixa o celular do seu amigo todo contaminado de glúten! Quando ele precisar usar o celular pra falar com alguém, já era...
Viu? Tenho certeza que você achou frescura! Se não achou, parabéns! Você ou é adulto, ou está realmente entendendo a doença! Se você continua achando frescura, por favor entenda: Se você estivesse na pele do meu irmão e acabasse contaminado por causa da burrice do seu amigo e tivesse que ir para um hospital, é claaaro que você acharia frescura!
Agora, você deve estar pensando que meu irmão não consegue comer nada dessas coisas gostosas que eu falei. Nada disso! Existem várias versões adaptadas de bolos, pães, biscoitos, pizza, etc. sem glúten! São saudáveis e gostosas!
Outro problema de contaminação é: o maquinário. Vou dar um exemplo do Nescau em pó, que originalmente não tem glúten nos seus ingredientes, porém ele é embalado no mesmo maquinário do Neston, que contém glúten. Então como o Nescau passou onde o Neston passou: CONTAMINAÇÃO! Já o Nescau de beber não passa nesse maquinário e por isso não tem contaminação.
É por isso que todas as embalagens tem que vir com a informação “Contém glúten” ou “Não Contém Glúten”, é lei! Isso foi uma conquista dos celíacos daqui do Brasil, pra poder comer com mais segurança. Se aparecer “ contém traços de glúten” por exemplo, o meu irmão não pode comer. E por fim, se não tiver nada escrito, ele não come! É melhor não comer um biscoito do que arriscar sua vida!
Ah, só mais uma coisinha, sabe onde mais pode ter glúten? No giz, na massinha escolar, no caldo de carne, no batom, no shampoo e em vários outros produtos.

Por Mariana Porto Barreto - 2012