Alerta sobre o mel de Agave




Pergunte por uma pessoa que não goste de açúcar! Somos todos fascinados. Mas e quanto aos efeitos nocivos dos refinados? Duvidosos, os adoçantes emagrecem enquanto repletos de químicos. O novo querido, mel de agave azul, será nossa salvação?

Logo de cara, já respondo que não. Se você quer saber o por quê, leia abaixo; caso contrário, se ia comprá-lo, pense 2 vezes! Na realidade, o verdadeiro agave vem do México, de um cacto espinhoso azulado, o mesmo do qual se faz a tequila. Sinto informá-los, mas, por fontes poderosas, o mel que aqui estamos consumindo é feito não das folhas, mas do extrato retirado de suas raízes. O inconveniente é que essa extração é feita com uma série de componentes químicos, dentre eles, o ácido hidroclorídrico.

Sim, querido(a) leitor(a), agave no Brasil, por enquanto, é mais um engodo da classe alta para ela mesma. Sim, pois são os importadores vendendo às elites da beleza. Pois saibam, nem nos EUA, em blogs naturalistas, encontrei referências positivas aos termos 'orgânico' e 'baixo índice glicêmico'. O agave, tal qual o Maple Syrup, é pura frutose que, segundo a OMA (Organização Mundial de Saúde), contribui para a formação de gorduras viscerais. Embora tenha índice glicêmico mais baixo, diabéticos devem usar com muita cautela. Você vai me perguntar, mas e o Stevia?

Para quem não conhecia, o Stevia é um adoçante natural extraído de um grupo de plantas com cerca de 240 espécies. No entanto, da mesma forma que o agave, necessita ser manipulado em laboratório com uso de quê? Químicos! O que sobra em nosso cartel, o mascavo, mel e a açúcar de palma, etc... Podem ser naturais, podem não ser refinados, mas, enfim, o índice glicêmico elevadíssimo os faz nem um pouco toleráveis a quem deseja ter vida saudável e, principalmente, fome controlada.

Em pleno século XXI, das ditaduras da beleza, dos corpos retos e perfeitos, eis a verdade: ainda não temos um adoçante natural e saboroso, que não seja repleto de químicos. Por enquanto, a melhor opção é plantar sua própria Stevia e moer as folhas secas no pilão, como faziam nossos antepassados que viviam de grãos. Odeio dizer isso, mas de volta à pesquisa, EMBRAPA!
http://www.canalcozinha.com.br/2012/06/mel-de-agave-heroi-ou-vilao.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+Palatvel+%28Canal+Cozinha%29