Estudantes israelitas desenvolvem solução que decompõe glúten

Espero realmente que seja uma esperança!!!


Por  | em Abril 2, 2015 | 0 Comentários
Os estudantes desenvolveram nano-partículas que têm a capacidade de decompor a gliadina, a proteína do glúten, fazendo com que esta seja facilmente eliminada pelo intestino.
Um grupo de jovens estudantes israelitas desenvolveu um método que recorre a nano-partículas que desintegram as moléculas da proteína do glúten, evitando que fiquem presas no intestino.
A intolerância ao glúten é a incapacidade ou a dificuldade de digestão do glúten, uma proteína presente em vários cereais, mas sobretudo no trigo. Nestas pessoas, o glúten danifica as paredes do intestino delgado, provocando diarreia, dor e inchaço abdominal, além de dificultar a absorção de nutrientes fundamentais, como as vitaminas.
Segundo escreve o jornal Israel Hayom, as nano-partículas desenvolvidas pelos estudantes têm a capacidade de decompor a gliadina, a proteína do glúten, fazendo com que esta seja facilmente eliminada pelo intestino. A ideia foi distinguida com o primeiro prémio dos Ness Technology Awards, promovido pela empresa Ness Technology. A solução foi desenvolvida por estudantes da AMIT Bar-Ilan, uma escola para rapazes, e por estudantes da Ulpanit Netanya, uma escola para raparigas, ambas da cidade de Netanya.
O desenvolvimento de soluções como esta poderá vir a permitir, no futuro, que os doentes celíacos consumam alimentos com glúten sem que o organismo reaja de foram adversa.
Foto: cc mrhyde_br / Flickr
http://omeubemestar.com/2015/04/02/estudantes-israelitas-desenvolvem-solucao-que-decompoe-gluten-29819