Médico afirma que o trigo é um veneno crônico perfeito



O médico que criou a nova dieta Bill O'Rilleys diz para evitar o pão de hamburguer e a salada de macarrão no seu churrasco do Dia do Trabalhador O Dr. William Davis é cardiologista e autor do êxito de vendas “Pançazinha de Trigo.” Deixe o trigo e perca peso e encontre o caminho de volta à saúde. Doutor. Bom dia.

WD: Bom dia

CBS: Feliz Dia do Trabalhador.

WD: Para si também

CBS: Na sua opinião, porque é o trigo tão mau?

WD: Não é o trigo. É uma planta de 50 cm de altura criada através de investigação genética nos anos 60 e 70Esta coisa tem muitos atributos novos dos quais não fomos informados tais como: existe uma nova proteína nesta coisa chamada gliadina. Não estou a falar de glúten, por isso não estou a dirigir-me às pessoas sensíveis ao glúten ou com doença celíaca. Estou a falar de todos as outras pessoas. Porque todos as outras pessoas são sensíveis a esta proteína gliadina que é um opiáceo. Esta coisa liga-se aos receptores opiáceos do cérebro e na maioria das pessoas estimula o apetite, de modo que, você e eu consumimos em média 440 calorias a mais por dia, 365 dias por ano. Aposto que está com fome agora.

CBS: Estou sempre com fome agora. Aqui temos o desenho de umas roscas na capa do livro, de facto têm um aspecto apetitoso. Então não é necessariamente o trigo mas antes a espécie de trigo que estamos a comer.

WD: Correcto. Não é o trigo que a nossa mãe tinha. Não é o trigo que a nossa avó tinha. É uma planta muito diferente que foi modificada geneticamente. Já agora tudo isto é anterior às técnicas de modificação genética. Estas técnicas eram rudes imprecisas e imprevisíveis, muito piores do que as modificações genéticas modernas. Então isto era vendido, não se levantaram quaisquer questões, é um produto de investigação que ocorreu antes das técnicas de clivagem genética. Então esta coisa é muito diferente. Tem muitas propriedades novas e singulares para os humanos. Mas o efeito estimulador do apetite é o que mais se destaca; mas há outros.

CBS: Seria possível andar com o relógio para trás e voltarmos ao trigo antigo? Quer dizer, é isso cientificamente possível no tempo em que estamos?

WD: É muito possível, mas economicamente inviável provavelmente porque esta coisa produz cerca de 10 vezes mais por cada acre e por isso teríamos que pedir aos lavradores para, para arcar com uma perda efectiva. Teríamos que pedir aos agro-industriais para voltar às sementes antigas. Eles podem fazê-lo. Eles provavelmente não o farão. Mas nós despoletámos um movimento e estamos a ter muita aderência. E por causa disso está a haver uma baixa recorde em vendas. Porque é muita gente. Penso que a motivação é esta onda de mudança. Se 3 pessoas perderam 4kg grande coisa. Isso simplesmente morrerá e desaparecerá, certo? Mas estamos a ver centenas de milhares de pessoas a perderem 14kg, 36kg, 68kg, diabéticos a deixarem de o ser, pessoas com artrite a experimentarem alívio extraordinário, pessoas a deixarem de ter inchaço nas pernas, refluxo ácido, síndroma de gás intestinal, depressão, e por aí adiante a cada dia.

CBS: Aqui está uma pergunta; Então se as pessoas quiserem começar a comer de forma mais saudávele não tiverem possibilidades financeiras para irem às lojas da especialidade ou produzirem o seu próprio trigo o que poderão começar a fazer de imediato?

WD: Comam alimentos simples. Comam abacates, azeitonas, azeite, carnes... vegetais, por outras palavras, comida verdadeira. Tudo o que tiver a menor probabilidade de ter sido modificado pela indústria agrária. Os cereais estão fora de questão. Quando digo cereais claro, cerca de 90% de todos os cereais que comemos é trigo. Não é centeio, não é milho-miúdo, não é linhaça. Vai ser o trigo. Então na verdade é um problema com o trigo. Temos sido os receptáculos desta panóplia de mudanças.

CBS: E no entanto existem muitos lavradores que trabalham estes cereais e que argumentam o contrário. A Clínica Mayo argumenta o contrário. Eles dizem que precisamos uma dieta equilibrada e que isso inclui o trigo.

WD: Certo. Porque o que a literatura diz é que se se vai substituir uma coisa prejudicial, os farináceos brancos e enriquecidos, com algo menos prejudicial, cereais integrais e haverá uma aparente melhoria na saúde, vamos comer coisas que não sejam tão prejudiciais. Então eu pego nos cigarros Tareyton sem filtro e substituo-os por cigarros Salem com filtro. Você deveria fumar cigarros Salem. Essa é a sua lógica nutritiva. É uma lógica profundamente defeituosa. E se dermos o passo seguinte e dissermos; Eliminemos todos os cereais, o que acontecerá então? Eliminar em particular esta coisa moderna criada por processo genético ao qual dão o nome de trigo semi-anão. É então que se vêem, não melhoras na saúde; é quando se verificam transformações na saúde.

CBS: Você olhou de lado para mim quando disse que tinha comido uma rosca de trigo integral esta manhã.

WD: Bem, você está a trabalhar então... E safou-se.

CBS: Estava a tentar ganhar forças antes do programa mas falando de uma forma geral, até mesmo os cereais integrais, apenas para reiterar, você está a dizer que é uma má ideia.

WD: É uma muito má ideia. De facto eu diria que o trigo moderno é um veneno crónico perfeito. Causa diabetes, causa inflamações, causa problemas cardiovasculares, causa hipertensão. Só porque os cereais integrais são menos prejudiciais do que a farinha branca não quer dizer que sejam bons. Então temos que usar uma lógica totalmente nova e clara neste assunto. Se vamos eliminar cereais eliminemos o trigo especialmente o trigo semi-anão de alta produção ,é então que vamos ver transformações, é então que vemos os diabéticos verem-se livres dos seus medicamentos, é então que vamos ver os pacientes de artrite reumática atirar ao lixo as suas drogas para as dores nas articulações. é então que vamos ver o colesterol alto ir embora, vamos ver transformações incríveis na saúde.

CBS: Alimento para o pensamento. Bastante alimento para o pensamento. Por favor evitem a bandeja do pequeno almoço à saída, Dr., muito obrigado.


Cortar o trigo moderno da sua dieta é benéfico, diz Dr William Davis
https://docs.google.com/document/d/1HJVG1Plrr9hGPfl7Y543kZ87oN8n77MOtgqMO7P5pTA/edit 

Outros artigos sobre o mesmo tema:                          
http://www.drmarcos.net/diga-nao-aos-cereais.html(
http://www.drmarcos.net/o-que-estamos-fazer-mal-do-ponto-de-vista-alimentar-mitos-e-realidades.html(
http://www.drmarcos.net/20-conselhos-para-nao-se-envenenar.html 

http://saude.acordem.com/blog/30442