quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Intolerância a Lactose


Você sabe se tem intolerância à lactose?

O que é?

A intolerância a lactose é a incapacidade parcial ou total de digerir lactose, um tipo de açúcar encontrado no leite e em outros produtos lácteos, devido à quantidade insuficiente, a ausência ou ao mau funcionamento da enzima lactase. A lactase é responsável pela quebra da lactose em moléculas menores, facilitando a absorção pelo corpo.

Sintomas

Devido à deficiência da enzima, a lactose não é quebrada e chega ao intestino grosso causando:
  1. Fermentação por bactérias, produzindo ácido láctico e gases em excesso;
  2. Retenção de água podendo causar diarréia abundante;
  3. Cólicas;
  4. Náuseas;
  5. Desconforto abdominal.
Os sintomas, normalmente, ocorrem cerca de 30 minutos a duas horas após a ingestão de alimentos contendo lactose.

Causas

A intolerância é decorrente de diferentes processos, são eles:
  1. Deficiência congênita da enzima: É um defeito genético muito raro, no qual a criança nasce sem a capacidade de produzir lactase;
  2. Diminuição enzimática secundária: Comum no primeiro ano de vida decorrente a diarréias e em adultos após a diarréia infecciosa e também provocada por alguns medicamentos. A diarréia constante acaba por eliminar as células produtoras da enzima lactase presentes no intestino;
  3. Deficiência primária: É o mais comum na população. Com o avançar da idade existe a tendência natural a diminuição da produção da lactase.

Prevalência

Estima-se que a intolerância afete 70% de adultos no Brasil, embora não haja números precisos. Descendentes orientais são mais propensos a desenvolver a intolerância a lactose a partir da adolescência e, principalmente, na fase adulta.

Diagnóstico

  1. Teste de tolerância: Consiste em fornecer lactose pura ao paciente e durante as horas seguintes colher amostras de sangue, verificando a variação glicêmica;
  2. Exame respiratório: Monitora a quantidade de hidrogênio nos gases exalados após a ingestão da lactose.
  3. Teste de acidez das fezes: Detecta os ácidos produzidos pela má digestão da lactose.

Tratamento

Não há tratamento para aumentar a capacidade de produção de enzima lactase, porém os sintomas podem ser controlados pela dieta. As pessoas possuem diferentes níveis de intolerância a lactose, sendo assim, devem experimentar seus limites de ingestão.

Alimentos proibidos

  • Leite de vaca, leite de cabra, queijos, manteiga, requeijão, creme de leite, iogurte, e demais derivados do leite;
  • Preparações a base de leite (bolo, pudim, cremes, entre outros);
  • Bolachas e biscoitos.

Opções de alimentos para intolerantes

  • Leite com baixo teor de lactose;
  • Leite hidrolisado;
  • Leite de soja;
  • Leite de arroz;
  • Alguns tipos de queijo como o brie, camembert, roquefort, cheddar, parmesão, prato e emmental (são mais gordurosos que os brancos).
  • Também o tofu, queijo a base de soja;
Lembrando que os alimentos permitidos variam de acordo com a gravidade da intolerância de cada indivíduo.