terça-feira, 10 de setembro de 2013

E se eu tirar o glúten da minha dieta?!


Semana passada o Nutricast foi sobre o glúten. Ainda – e cada vez mais – as pessoas estão sepreocupando com a ingestão de glúten, se é realmente ruim para a saúde e, principalmente para a estética. Glúten engorda? Glúten faz mal? O que acontece se eu tirar o glúten da dieta, mesmo sem ter doença celíaca? Escuto essas e outras perguntas com muita frequência e aí, aproveitando o gancho do vídeo, e das dúvidas da semana passada vim esclarecer mais algumas dúvidas sobre esse assunto, e frisar outros pontos que acho importante! Para quem não assistiu o vídeo, segue o Nutricast da semana passada, vamos lá?!
O glúten é uma proteína encontrada em alguns grãos como centeio, cevada, malte, trigo e aveia. Essa proteína acaba grudando na parede do intestino – mesmo em quem não apresenta doença celíaca – pois é uma das suas características. Não é a toa que o glúten serve para dar a liga nas massas, maciez e elasticidade. O problema disso é que existem graus e graus de tolerância. Algumas pessoas reagem super bem quando tiramos o glúten da dieta enquanto outras não sentem a menor diferença… Ter uma quantidade exagerada de glúten no cardápio acaba fazendo com que a digestão e absorção de nutrientes fique mais complicada, podendo ter como consequência constipação, gases, preguiça,  moleza… isso porque em casos mais leves, adigestão demora mais, fazendo com que o corpo despenda mais energia para a digestão, e em casos mais sérios, acontece uma má absorção de vitaminas e minerais pelo intestino, como o ferro por exemplo, o que irá causar essa fraqueza. Na doença celíaca não tem meio termo. A pessoa fica desnutrida, inchada, estufada e se sente muito mal, uma das consequências mais graves para as crianças celíacas é a deficiência no crescimento, que fica comprometido pela falta de nutrientes!
Mas agora, a pergunta que não quer calar… o glúten engorda?
Não. O glúten não engorda, o que engorda são os alimentos que contém glúten como massas, pães, bolos, biscoitos… Se você trocar todos esse alimentos pela versão sem glúten, e continuar comendo a mesma quantidade… você não vai emagrecer. O que acontece é que os alimentos sem glúten são mais caros e mais difíceis de encontrar, e ai a pessoa passa a consumir por exemplo, cenourinhas baby no lanche, ao invés de biscoito… entendem? Outro ponto que vale ressaltar é que por grudar no intestino, o glúten gera uma reação alérgica ou inflamatória e, como consequência, o corpo libera hormônios e substâncias como histamina e cortisol, que realmente causam um inchaço…
O que eu recomendo?
Converse com seu nutricionista para bolar um cardápio sem glúten, mas não vá esperando milagres… Algumas pessoas realmente se dão bem com a dieta sem glúten, mas o nosso corpo funciona na prática… na teoria tudo é lindo, exato e simples! Mas o que realmente vale é a resposta do nosso corpo! Mas lembre-se de ter o acompanhamento para eventuais alterações e escolhas corretas!
Segue abaixo uma matéria que achei bacana, e que segue a mesma linha de pensamento que eu sigo.
(Clique na imagem para vê-la maior).
gluten
digitalizar0130
http://nutricionario.com/v2/e-se-eu-tirar-o-gluten-da-minha-dieta/