Atualização do Protocolo precoce da Doença Celíaca

Espanha divulgou ontem mais uma atualização de seu Protocolo de Diagnóstico precoce de Doença Celíaca.


Após muitos meses de trabalho, foi publicada em maio a atualização do Protocolo de Diagnóstico Precoce apresentado ontem na sociedade em um evento do Ministério da Saúde com a presença de médicos, representantes de saúde, associações de pacientes, etc.


Um evento que contou com a presença da  Sra. Mar Trujillo , metodologia da Fundação Canárias para Pesquisa em Saúde; a  Dra. Isabel Polanco Allué,  especialista em Gastroenterologia Pediátrica e Nutrição e digestivo e  Dr. Miguel Montoro Huguet,  um especialista em Gastroenterologia Hospital San Jorge em Huesca como representantes do grupo de redação o médico Protocolo. 
Os três especialistas afirmaram mais uma vez a necessidade deste protocolo chegar a todos os médicos de cuidados primários para acabar com a alta taxa de subdiagnóstico da doença, tendo em conta a premissa:  SE NÃO ESTÁ suspeita de doença, consulte sempre ESPECIALISTA DO DIGESTIVO. Foi insistido da mesma forma que as pessoas com doença celíaca são totalmente saudáveis, mas comem de forma diferente, um fato que é alcançado pelo diagnóstico da doença a tempo. 
Depois disso, rosto, Celíacos da Catalunha e da Associação de Celíacos de Madrid, associações de pacientes que ajudaram na elaboração do Protocolo, falou das necessidades do grupo e os futuros desafios colocados por recordar que uma vez que os pacientes são diagnosticados eles não são aconselhados pelo sistema de saúde, trabalho que é realizado pelas próprias associações. 
Quais são esses desafios para o futuro?
  • Aumentar o número de diagnósticos.
  • Tem administrações e sociedades médicas.
  • Atualize o conhecimento do setor médico.
  • Acabar com a banalização da doença.
  • Adesão ao tratamento
Você pode verificar o protocolo aqui. 

http://celiacos.org/blog/item/1543-jornada-de-presentacion-del-protocolo-de-diagnostico-precoz-de-la-enfermedad-celiaca
www.riosemgluten.com

Postagens mais visitadas